Audiência Pública Discute Combate a Violência Dom. em P. dos Índios

  • 03/05/2019
  • 0 Comentário(s)

Audiência Pública Discute Combate a Violência Dom. em P. dos Índios

 Carolina Valões explica que muitos dos casos são praticados pelos mesmos agressores e em relação a mesma vítima

FOTO: CAIO LOUREIRO

A juíza Carolina Valões promove audiência pública para criação da rede de enfrentamento à violência doméstica e familiar contra a mulher na Comarca de Palmeira dos Índios, onde 30% dos processos criminais tratam de crimes praticados no contexto da violência doméstica. O encontro ocorrerá na terça-feira (7), às 14h, no Cesmac do Sertão.

"São muitos casos de ameaça, lesões corporais, tentativas de feminicídio e de feminicídios consumados, e esses números não refletem a realidade, porque na maior parte dos casos a mulher não denuncia, ou quando o faz, ela já sofreu diversas agressões naquele relacionamento", alerta a magistrada titular da unidade.

Carolina Valões explica que muitos dos casos são praticados pelos mesmos agressores e em relação a mesma vítima, que retoma a convivência com o agressor, perpetuando o ciclo de violência, que não se rompe apenas com a intervenção do Judiciário. A audiência tem como objetivo otimizar a assistência à vítima de violência doméstica. 

"O Poder Judiciário sozinho não consegue evitar a reiteração delitiva, então a audiência pública visa a trazer para a cena todos os atores que trabalham nessa rede de atendimento à mulher, e, principalmente, a mulher vítima de violência doméstica", explica.

Roda de conversa com vítimas e agressores é uma das ações que faz parte dos projetos "A Voz da Mulher" e "Homem Companheiro", idealizados pela magistrada, e que também serão apresentados à sociedade e discutidos durante a audiência púbica. A ideia é viabilizar rodas de conversa uma vez por mês com vítimas de violência doméstica e homens que estão cumprindo medidas protetivas diversas da prisão.

A juíza convidou representantes do Ministério Público, da Defensoria Pública, Prefeitura, Secretarias de Saúde, de Assistência Social e de Educação, direção da UPA, servidores do Centro de Referência Especializada de Assistência Social (CREAS), Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), da Associação das Mulheres de Palmeira dos Índios (AMPI), Alcoólicos Anônimos (AA), Câmara de Vereadores, OAB e Polícia Militar.(Por: Gazeta Web.Com).

0 Comentários


Deixe seu comentário


Aplicativos


Locutor no Ar

AutoDJ

Piloto Automático

Peça Sua Música

Nome:
E-mail:
Seu Pedido:


Top 5

top1
1. The Beatles

Eleanor Rigby

top2
2. Jota Quest

Só Hoje

top3
3. Aline Barros

Casa do pai

top4
4. Anderson Freire

Acalma o meu coração

top5
5. Paula Fernandes

Pássaro de Fogo

Anunciantes